As vantagens do minimalismo: 7 razões para organizar a vida, se livrando do supérfluo

Armários cheios, um smartphone que não pára de vibrar e uma caixa de e-mails lotada. A lista de chamadas, à espera de meus retornos; uma estante, que é uma reminiscência de uma biblioteca e pilhas de roupas suficientes para três vidas. Quando consigo eliminar dois pontos da minha lista de a fazeres, já são acresentados mais quatro!

Os papéis sobre a minha mesa, não posso mais chamar de pilhas. São pilhas de pilhas.

Tudo isso é apenas um retrato exterior do meu mundo interior.

Dentro de mim, está tudo tão cheio e confuso. Mas, felizmente, ninguém vê isso…

Às vezes, eu desejo que pudesse simplesmente desligar esta loucura moderna e complexa. “Click” … e tudo é apenas silêncio. Inclusive os pensamentos intermináveis, silenciando esta mente barulhenta.

Apenas paz, simplesmente nada, só eu comigo, agora!

Muitas vezes eu penso nas experiências vividas nas minhas viagens, com pessoas em situação de pobreza com as quais eu deparei… Eu não quero comparar a pobreza com o minimalismo. Mas a interação entre essas pessoas é de uma certa forma diferente. Tem-se uma outra noção de tempo, talvez até mesmo uma postura diferente, devido às possibilidades limitadas. E, curiosamente, me percebi muito mais ralaxado e em paz com elas.

Como a limitação de materiais reforça e destaca a real estrutura da vida: a família, a comida, a conversa, o simples sentar na beira da estrada sob o sol. Tudo isso era de repente importante – a coisa mais importante!

Desde então, minimalismo significa para mim, simplificar a minha vida altamente complexa e cronometrada, conscientemente; para limitar as possibilidades infinitas e estar por um longo tempo só disponível para a inacessibilidade.

Você pensa que isto não é possivel. Mas é! Você tem apenas que fazer. Se mover para fora da correnteza e se sentar à beira do rio. Observe, dessa posição, como todo mundo nada para viver, embora as margens tranquilas estão incrivelmente próximas.

Aqui estão sete razões para se desapegar com mais frequencia – não só de objetos dos nossos guarda-roupas, mas de situações, lembraças e crenças de nossa vida, que nos aprisionam e não permitem que a vida seja mais leve:

1. Você tem mais tempo e está mais relaxado

Quem estabelece prioridades e planeja bem o dia, não concorda com tudo, se poupa de muito estresse e cria espaços livres. Também quem consome menos, tem mais tempo livre. Em todas as horas que você gasta com pesquisas, compras, manutenção e até para se livrar daquilo que não quer mais, você poderia simplesmente viver.

2. Você economiza dinheiro

“A única finalidade e sentido do dinheiro não é tê-lo, mas sim usá-lo! A principal razão para ganhar dinheiro é para se possibilitar experiências “, disse Stuart Wilde.

Menos consumo significa: Manter mais dinheiro em seu bolso e permitir-lhe a pergunta: Como você poderia enriquecer a sua vida de verdade, com essas economias?

3. Sua vida é auto-determinada

Com menos confusão, mais tempo e dinheiro em sua bagagem, você pode realizar pequenos e grandes sonhos. Indo embora ou relaxar; em dupla ou sozinho. Faça o que quiser, porque você pode personalizá-lo. E o faça agora, porque você nunca sabe quanto tempo irá durar.

4. Você entra em contato com você mesmo.

Quem se “descarrega” se lente livre.

Todas as posses que possui requerem atenção e o subconsciente reage com o caos. Ter menos e não estar sempre disponível, aumenta sua consciência de seus próprios desejos, objetivos e necessidades.

5. Você ganha nova energia e pode reorganizar sua vida.

De acordo com Karen Kingston, autora de “Feng Shui contra a desordem da vida cotidiana”, diz que o lixo se acumula quando a energia fica estagnada. Mas, inversamente, estagna energia onde se acumula lixo. Você pode reorganizar a vida, literalmente, se você “reavaliar” as coisas das quais necessita, porque isto libera energia nova.

6. Você se sente livre

Quem reordenar os pensamentos, limpar a cabeça de preocupações e velhos paradigmas, ganha lucidez. Ter uma mente aberta lhe dá uma visão clara das belezas da vida e possibilita O Encontro verdadeiro.

7. Você será mais satisfeito

Isso faz você feliz quando você não agir mais como se sempre faltasse um último passo para atingir a felicidade. Olhe para o que você tem e valorize os seus tesouros.

Minimalismo é um presente para nós mesmos

Minimalismo é vida nua. Uma dádiva. Nós pensamos demais em como devemos nos vestir, como devemos nos sentir ao invés de simplesmente apreciar e desfrutar o que é. E isso é o que nós somos. Nós Somos! Nós somos na marioria saudáveis, na maioria estamos em paz. E realmente temos tudo o que necessitamos na vida, e que, de qualquer maneira, não podemos levar nada, além das experiências e o amor que temos dados e nos permitirmos receber.

Toda a parafernalha que carregamos, ficará aqui, algum dia. Então, vamos começar a reduzir agora! Vamos nos concentrar no essencial e limpar as nossas vidas, o apartamento, os armários, a cabeça e os pensamentos limitados, e talvez até mesmo o calendário, de modo que tenhamos novamente tempo para nós mesmos, para o vizinho ou para não fazer nada.

Desligue às vezes o seu telefone. Desligue às vezes a sua mente, e saia do giro do carrossel da vida, que passa… Lhe permita uma pausa.

Inspire e expire, e pense sobre o que você ainda necessita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *