A vida é muito curta para adiar seus sonhos

À noite, um ladrão escondido sob arbustos, surpreende um homem, saltando sobre ele.

Coloca uma arma à cabeça e diz: “o dinheiro ou a vida!”

E o homem responde: “Leve minha vida, o dinheiro eu ainda preciso para a minha aposentadoria.”

Isso soa inicialmente um irracional. Mas, pense bem, como nós usamos o nosso tempo precioso?

Decidiu contra a vida?

Não dêmos nosso tempo, até mesmo nossas vidas, muitas vezes, pelo dinheiro e no planejamento de uma aposentadoria mais agradável e segura?

Como Silveira, que trabalhou, lutou, suou quase quatro décadas e agora precisa fazer quimio ao invés de tirar férias, infelizmente teve câncer em vez viajar ao Caribe, ninguém pode dizer como isso vai terminar ou quando.

Como Gabriele, que sonha há tanto tempo com a sua mini fazenda orgânica. No entanto, não quer abrir mão do seu alto padrão de vida, assim, continua a trabalhar para uma empresa de energia, no marketing, embora as práticas de negócios questionáveis roubem o seu sono com freqüência.

E Sabine? Prefere carreira a família, amigos e hobbies. Sacrifica tudo em nome do trabalho. O crescimento dos números é mais importante do que o crescimento pessoal. O que ela verá um dia, na retrospectiva de sua vida?

Tudo é compreensível. A adaptação à maioria das pessoas. O desejo de segurança. O adiamento do que é realmente importante para nós. A forte identificação com as nossas profissões.

É compreensível, mas não sem alternativa.

Estar vivo

Há algo diferente disso, mais do que isso. Há uma vida que faz seu coração pulsar agora, que lhe faz alegre, lhe preenche. Não apenas num determinado momento, que talvez nunca chegue.

Se você não sabe como isso pode funcionar com você, então tente estas perguntas:

  • O que você faria se soubesse que não falharia?
  • O que você gostaria de fazer na sua próxima vida?

Nós talvez não podemos realizar todos os nossos sonhos, mas, com pequenos passos, dia após dia, certamente podemos realizar muito mais do que imaginamos.

Mas antes,você deve responder à pergunta do inicio do texto:

Dinheiro ou sua vida?

Pense bem sobre a resposta .

Talvez eu o espere nos arbustos, nesta noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *